quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Mammon : o senhor do dinheiro (3/3)

Mammon: a economia segundo Mammon

                             Humanos subservientes aos pés de Mammon!

De início vamos entender algo muito importante: Na versão bíblica Revista e Corrigida o v. 24, está assim:

“Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mammon”

Quem é Mammon? Jesus usou essa palavra do aramaico, para designar uma entidade que existe no reino espiritual, adorado como “deus das finanças”. Como toda entidade, o ataque não é direto, ele opera de maneira encoberta, pelo engano. Se ele fosse aparecer diretamente para as pessoas, revelando sua identidade, poucos se submeteriam a ele. A principal tática de Mammon é que o dinheiro contem poderes inerentes. Tais como:

“O dinheiro compra tudo”

“As pessoas são valorizadas e honradas, pelo que tem”.

 “O dinheiro em si não bom nem mau; é apensas perigoso; já o amor por ele pode tornar-se maléfico; com o dinheiro o homem pode fazer muita coisa boa e muita coisa ruim. Com o dinheiro pode-se praticar o bem e o mal”

O dinheiro não tem poder, o poder está no espírito de Mammon, que está por trás do dinheiro. Quando Jesus disse que ambos, Deus e Mammon, não poderiam ser servidos, Jesus não falou a respeito de uma proibição, mas de uma impossibilidade de fazer tal coisa. Ele não está afirmando que “Seria errado tentar servir ambos”, Ele diz: “É impossível”.

“Pois o amor ao dinheiro é uma fonte de todos os tipos de males. E algumas pessoas, por quererem tanto ter dinheiro, se desviaram da fé e encheram a sua vida de sofrimentos” (I Timóteo 6:10)

“Mammon prende o rico com medo de perder o que teme o pobre, pelo medo de faltar provisão”. 

Você entende agora, porque o dinheiro exerce tanto poder sobre a vida das pessoas? Porque por trás dele, existe um deus que quer ganhar, prender, escravizar o ser humano. Um “rival” de Deus.

Descobrimos então, que existem dois sistemas econômicos operando no mundo: O sistema de Deus e o satânico. Um concorre com o outro. A maioria das pessoas lida com o dinheiro seguindo os princípios do mundo e não os de Deus, por isso, tanta gente se matando para ganhar dinheiro, tanta gente endividada, tanta gente pagando juros exorbitantes. Quando pagamos juros, multas, estamos financiando o reino deste mundo – dando dinheiro suado, consagrado, para Mammon.

Fonte : http://www.construindohistoriahoje.com/2013/12/mammon-parte-iii-economia-segundo-mammon.html

Leia também partes 1 e 2 :

http://desatracado.blogspot.com.br/2014/01/mammon-o-senhor-do-dinheiro-13.html

http://desatracado.blogspot.com.br/2014/01/mammon-o-senhor-do-dinheiro-23.html

Abraços

7 comentários:

  1. Exemplos de mammon revolucionários marxistas aqui na terra foram Danton e Robespierre.

    AMÉRICA DO SUL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante. Poderia explanar ?

      Obrigado e abraços

      Excluir
  2. Robespierre ✡ foi um dos líderes da revolução franca 1758 1794 judaica iluminati esquerda burguesa.Georges Danton ✡ revolucionário executado por ciúmes.Apesar de contraditório eram elitistas.Depois dê uma lida: De Marx a MAMOM http://www.friends-partners.org/oldfriends/economics/marx.to.mammon.html

    AMÉRICA DO SUL

    ResponderExcluir
  3. Marx ou Mamom? Seu Deus é Comunista ou Capitalista? Pra quem anda confundindo o Evangelho com discursos ideológicos

    Veja este: http://www.hermesfernandes.com/2012/04/pra-quem-anda-confundindo-o-evangelho.html

    AMÉRICA DO SUL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava lendo o link que vc colou e na parte que diz "Há quem diga que muitos desapareceram...", foi leviado.

      O comunismo é de inspiração mosaica.

      "Assim como o comunismo, o reinismo também valoriza o trabalho muito mais que o capital", discordo do raciocínio deste reinismo. O nazismo prima pelo trabalho equilibrado com a importância do capital. Esses 3 sistemas (comunismo/capitalismo/reinismo) primam de forma desequilibrada os elementos trabalho e capital. Mas tem mais 2 elementos : o homem e Deus que estão esquecidos.

      Uma coisa que ele não percebe é que o comunismo é um imenso cartel estatal.

      Pelo texto, podemos ver que Deus não se agrada do que está acontecendo e sendo feito pelos "eleitos". Portanto, não devemos odiar Deus por causa deles. Eles terão sua paga.

      Sobre a teologia de prosperidade, existe mesmo uma perda de foco grave. Jesus morreu para salvar, não para enriquecer ninguém.

      Abraços

      Excluir
  4. Faço simile e não confusão.Meu Deus nunca será Marx muito menos Ammom.Nunca capitalista,muito menos comunista.São todos diabos do mesmo inferno.

    AMÉRICA DO SUL

    ResponderExcluir

"Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário."
George Orwell

"Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador."
Eduardo Galeano

Desejando, expresse o seu pensamento do assunto exposto no artigo.
Agressões, baixarias, trolls, haters e spam não serão publicados.

Seus comentários poderão levar algum tempo para aparecer e não serão necessariamente respondidos pelo blog.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

Agradecido pela compreensão e visita.