sábado, 18 de janeiro de 2014

Ecumenismo e kosher, uma combinação nada cristã

Papa almoça com líderes da comunidade judaica

almocopapa

Um grupo de líderes comunitários judeus e rabinos argentinos foi recebido esta quinta-feira, 16 de janeiro, pelo papa Francisco, no Vaticano. A audiência durou mais que duas horas e meia e incluiu um almoço kosher.

“É transcendental para a comunidade judaica e para o mundo inteiro: 70 anos depois do assassinato dos judeus europeus nas câmaras de gás, hoje almoçamos comida casher com o papa”, exultou Julio Schlosser, presidente da DAIA – Delegación de Asociaciones Israelitas Argentinas, entidade política que congrega a comunidade judaica argentina.

Durante a audiência, não foram abordados temas da política argentina, mas o diálogo inter-religioso e a viagem do papa a Israel, em maio próximo.

Ao final, todos cantaram, em hebraico, o salmo 133: “Hine mah tov uMah-Nayim shevet achim gam yachad” ["Como é bom e agradável viverem irmãos juntos em harmonia"].(No Cristianismo, só é irmão da fé quem crê em Cristo Jesus. Alguém diga isso ao Papa, por favor.)

“Francisco é uma pessoa surpreendente, maravilhosa e com critérios abertos. Ele está muito entusiasmado com sua viagem a Israel”, afirmou Schlosser à Agencia Judía de Noticias. O presidente da DAIA agradeceu ao Congresso Judaico Latino-Americano e a seu diretor-executivo, Claudio Epelman, que organizaram o encontro, juntamente com o rabino Abraham Skorka, reitor do Seminário Rabínico da América Latina e amigo de longa data de Jorge Bergoglio.

A delegação incluiu, além de Skorka, Epelman e Schlosser, o subsecretário de Direitos Humanos do governo portenho e presidente do Museu do Holocausto de Buenos Aires, Claudio Avruj; o 1º vice-presidente da DAIA, Waldo Wolff; o tesoureiro do CJL, Javier Mutal; o vice-presidente da Associação Internacional de Juristas Judeus, Marcos Grabivker; o presidente da Confraternidad Judeo Cristiana, Boris Kalnicki; o presidente da FACCMA- Federación Argentina de Centros Comunitarios Macabeos, Javier Veinberg; o presidente de la Asamblea Rabínica, Marcelo Polakoff; os rabinos Isaac Sacca, Ariel Stofenmacher, Raúl Feler e Raúl Bergman, que trabalham pelo diálogo inter-religioso na Argentina, e os jovens Ariel Isaak e Ariel Seidler, que ocupam cargos no CJL.

Fonte: CONIB

Fonte : http://www.fisesp.org.br/web/papa-almoca-no-vaticano-com-lideres-da-comunidade-judaica-argentina/

Vejamos alguns vídeos desta brutalidade do abate kosher judaico, mas pede-se muita moderação ou então não assista:




Que Deus abençoe os poloneses pela proibição dessa prática cruel que é o abate kosher. Todos os países que se dizem civilizados e tem interesse sincero na proteção aos animais, deveriam fazer o mesmo. 

E onde estão os ativistas e as ONG's defensoras dos animais?

Veja também : http://desatracado.blogspot.com.br/2014/01/o-rancor-judaico-ao-cristianismo.html

Abraços

5 comentários:

  1. Leonardo S. de Oliveira.19 de janeiro de 2014 11:08

    Esse antipapa Fraticelli deveria saber um ensinamento básico da Igreja Católica Apostólica Romana que é:

    Irmãos são quem tem o mesmo Pai (Santíssima Trindade) e a mesma Mãe (Igreja Católica e a Virgem Santíssima Imaculada Maria).

    Esse antipapa Fraticelli um dia vai ter que prestar conta à Cristo por todas essas abominações e heresias que ele tem cometido.

    Ele deveria lutar para converter os Judeus e não apoiar o erro deles, gravíssimo, que é não ter Cristo por Pai e a Igreja Católica como Mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem professar um Evangelho que não foi o de Paulo e demais apóstolos é anátema.

      Abraços.

      Excluir
  2. “É transcendental para a comunidade judaica e para o mundo inteiro: 70 anos depois do ASSASSINATO DOS JUDEUS EUROPEUS NAS CÂMARAS DE GÁS, hoje almoçamos comida casher com o papa”

    Chutzpah é apelido! Não foi à toa que o atual papa foi, entre todos os da História, escolhido a dedo e pinçado de acordo com os dogmas da podre elite mundial. É pra lá de obediente!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. É muito estranho cristãos usarem a estrela de Davi dentro dos templos pentecostais. Quem é cristão sabe muito bem quem mandou matar Jesus e quem cuspiu no filho de Deus. Mas hoje em dia é proibido dizer a verdade porque é "anti-semitismo". Faça-me o favor!!!

    ResponderExcluir

"Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário."
George Orwell

"Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador."
Eduardo Galeano

Desejando, expresse o seu pensamento do assunto exposto no artigo.
Agressões, baixarias, trolls, haters e spam não serão publicados.

Seus comentários poderão levar algum tempo para aparecer e não serão necessariamente respondidos pelo blog.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

Agradecido pela compreensão e visita.