sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

O lobo cuidando do galinheiro

ISRAEL, O CARRASCO, TOMARÁ ASSENTO NO CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS DA ONU.


A MÃE DE TODAS AS VERGONHAS: Israel será membro do                                         Conselho de Direitos Humanos da ONU.

- Apesar das manifestações mundiais contra as políticas expansionistas e racistas do regime de Israel;
- Apesar de Israel ter sido condenado mais de 46 vezes - o único país no mundo com tanta condenação e a figurar cotidianamente na pauta do conselho;
- Apesar de ter aumentado, em comparação com o ano anterior, em 130% o roubo de territórios    palestinos, destruindo e expulsando o povo;
- Apesar das denúncias de brutalidade, maus tratos e torturas em crianças e adolescentes,
- Apesar da expulsão e perseguição dos 160 mil beduínos em seus territórios palestino.

O Conselho de Direitos Humanos da ONU convidou esse regime para aderir ao bloco europeu do organismo !!

Segundo a AFP, citando um funcionário de alta patente israelense, sob condição de anonimato, o Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou a inclusão do regime de Tel Aviv.

A medida é um exemplo claro da dupla moral da Comissão mundial de Direitos Humanos, já que por mais de cinco anos lançou duras acusações contra a colonização dos territórios palestinos por parte do regime israelense. apesar

No começo de 2009, o Conselho de Direitos Humanos da ONU começou uma campanha para investigar a guerra imposta a Gaza, e ao finalizar o ato condenou o regime de Israel por cometer crimes de guerra.

Sem precisar ir muito longe, na semana passada, o secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, considerou como “motivo de grave preocupação” a construção de assentamentos israelenses em solo palestino.

Mesmo assim, em meados de novembro, o regime de Tel Aviv se viu obrigado a cancelar a construção de cerca de 20 mil novas moradias ilegais nos territórios palestinos, sob as pressões da União Europeia (UE).

Em julho deste ano, a UE adotou uma série de pautas, nas quais proibia seus 28 membros de financiarem projetos nos assentamentos ilegais israelenses nas zonas ocupadas desde 1967, ou seja, em Al-Quds (Jerusalém), Cisjordânia ou nos territórios altos de Golam.

O convite partiu do grupo europeu :
Europeus convidam Israel para  grupo de Direitos Humanos na ONU.

Os países da Europa Ocidental enviaram nesta segunda-feira um convite oficial a Israel para que participe de seu grupo no Conselho de Direitos Humanos na ONU, com o qual o Estado judeu está em conflito há muitos anos.

"Hoje, o Grupo de Estados da Europa Ocidental e Outros (GEOA) enviou uma carta a Israel", declarou à AFP uma fonte diplomática em Genebra. A carta foi enviada nesta segunda ao representante permanente de Israel nas Nações Unidas, disse. A mesma fonte ressaltou que os membros do GEOA (que inclui os Estados Unidos) não precisaram votar sobre o convite a Israel. "Agora, eles (do grupo de países da Europa Ocidental) esperam uma resposta", acrescentou.
Israel rompeu todo o contato com o Conselho em março de 2012, quando foi anunciada a abertura de uma investigação sobre os assentamentos israelenses em territórios palestinos ocupados. Em janeiro, Israel tornou-se o primeiro país a se recusar a participar da análise periódica sobre a situação dos direitos Humanos no mundo.

Embora geograficamente localizado na Ásia, Israel teve seu acesso negado pelo grupo Ásia-Pacífico por vários países árabes e muçulmanos, o que deixou o país sem representação de um grupo geográfico. Além das investigações dos assentamentos israelenses, Israel é o único país com um ponto fixo na agenda (item 7) de cada sessão do Conselho (três vezes por ano). 


Definitivamente a ONU não é séria. Pelo contrário, um perigo.

Abraços

2 comentários:

  1. "O convite partiu do grupo europeu:
    Europeus convidam Israel para grupo de Direitos Humanos na ONU."

    Cambada de fantoches! De fato, os caras fazem o que bem entendem como e quando querem.

    Abraço.

    PS. O esquema "robô" tá ativo.

    ResponderExcluir
  2. É o fim da picada!!!

    ResponderExcluir

"Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário."
George Orwell

"Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador."
Eduardo Galeano

Desejando, expresse o seu pensamento do assunto exposto no artigo.
Agressões, baixarias, trolls, haters e spam não serão publicados.

Seus comentários poderão levar algum tempo para aparecer e não serão necessariamente respondidos pelo blog.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

Agradecido pela compreensão e visita.