segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Bebida com letra hebraica satanizada?

Mulher afirma que as bebidas energéticas Monster Energy são obra de Satanás.     

           monstro

Num vídeo viral elaborado em cima de uma antiga crença de alguns cristãos que as bebidas Monster Energy estão de alguma forma associadas com a obra de Satanás, uma mulher explica as pistas do fabricante da bebida popular para aumentar a energia ter escondido na lata.

Começando por quebrar a letra  'M', a mulher explica que ela simboliza a letra hebraica vav - a sexta letra do alfabeto hebraico - como ela afirma que as três barras, agora quebradas do 'M' ficar como 666, o sinal da Besta. Mais tarde, ela observa como isto está relacionado com a publicidade slogan da bebida: "Liberte a fera."  

Carta hebraico Gráfico

Virando-se para o 'o' na palavra 'monstro', ela chama a atenção para uma cruz perfurando-o e coloca a questão sobre o que Cristo, simbolizada pela cruz, tem a ver com uma empresa de bebidas energéticas. Então ela observa que na base da lata tem as letras 'BFC' que ela explica significar "Big f*cking can".

Depois de exibir na embalagem a granel para as bebidas, ela observa a cópia promocional que firma “MILF’s dig it, and you will too”, antes de concluir: "Esta não é uma empresa cristã."

Ela passa a afirmar que os fabricantes estão usando a popularidade das bebidas altamente cafeinadas para entrar nos lares cristãos.

           

"Isto é o quão inteligente é Satanás. E como ele entra na casa de cristãos e na vida de um cristão, e isso quebra o coração de Deus", explica.

Assista ao vídeo:


Abraços

36 comentários:

  1. Temo pela integridade física dessa nobre senhora cristã.
    Os "ómi" não gostam nada de pessoas lúcidas, que raciocinam demais. Menos ainda das que os expõem desse jeito.

    ResponderExcluir
  2. "Governo israelense promove estupro de advogado especializado na causa palestino."
    http://electronicintifada.net/blogs/rania-khalek/israeli-government-promotes-rape-advocate-expert-palestinians

    Nos EUA estão tentando aprovar uma leia que considere crime de antissemitismo ou racismo qualquer crítica ou denúncia que se faça contra Israel. Trocando em miúdos, se você sabe de um crime, de um assassinato por exemplo, feito por um judeu ou pelo governo de Israel, e você fizer a denúncia, você será preso por racismo.

    Veja aqui:

    http://falastinews.com/2014/11/09/jewish-criminal-protection-bill-stop-it-in-the-senate-now/

    http://falastinews.com/2014/11/09/h-res-707-repeals-the-1st-amendment/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecido e sinta-se sempre bem vindo, Andrew.

      Abraço

      Excluir
    2. Tradução errada da frase: "Israeli government promotes rape advocate as expert on Palestinians"

      Excluir
  3. Não é hebraico...É Yidich, língua inventada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja esta notícia:

      "Nazista Rudolf Hess foi ‘assassinado por agentes britânicos na prisão para detê-lo de revelar segredos da guerra, mas foi dito a Scotland Yard para não investigar’.
      -Médico que uma vez tratou de Rudolf Hess fez declarações após sua morte em 1987
      -Relatório sugere que este médico entregou os nomes de dois suspeitos
      -Recém-lançado o relatório da polícia sobre os detalhes da investigação por reivindicações do médico"

      http://www.dailymail.co.uk/news/article-2414991/Nazi-Rudolf-Hess-murdered-British-agents-prison-stop-revealing-war-secrets-Scotland-Yard-told-NOT-investigate.html#ixzz3Indd2hNS

      Quem não deve, não teme.
      --------------------------------------
      Gostei dessa versão, acho que até ficou melhor que da Enya
      https://www.youtube.com/watch?v=KGpTkv713vQ

      Abraço

      Excluir
  4. Púúú...legal
    Acho que não haverá justiça mas pelo menos ficaremos sabendo quem foram os carrascos.

    ResponderExcluir
  5. Olha também Hebreus cantando sobre o cativeiro na Babilônia entre Rio Tigre e Eufrates:
    https://www.youtube.com/watch?v=jePi5lYJvvk
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dançava assim nas discotecas? rsrs

      https://www.youtube.com/watch?v=QtxlCsVKkvY

      Abraço, até.

      Excluir
    2. O melhor do vídeo do Celso Matz... é a legenda para ahahahahahahahahahahahah... Genial.

      Cobalto gostaria de indicar um documentário que achei bem interessante e pode ajudar a sintonizar os que estão começando nas veredas desta sacanagem global.

      https://www.youtube.com/watch?v=ddkMOz-gj7M&list=UU8_366Lp2w6TdozhAKbqbsw

      Noutra postagem fiz um comentário negativo em relação à David Wilcock e você me deu uma reprimenda. Por favor gostaria de esclarecer: o comentário foi feito também pensando nas pessoas que estão tentando se desvencilhar dos antolhos. É sempre bom que todos saibam com quem estamos lidando.

      Sobre os dois documentários, apesar de Wilcock, são excelentes. E concordo contigo, sempre há bom proveito em algo que podemos julgar de forma negativa. Os dois documentário, de fato, jogam muita luz sobre fatos obscuros.

      Até.

      Excluir
    3. Que dança ridícula desse grupo Celso Matzenbacher.

      Prefiro um Mozart, Johann Sebastian Bach, Joseph Haydn,...

      O continente Europeu que nos deu músicos brancos como os mencionados acima devesse alguma coisa para o continente 'Mama Africa".

      Excluir
    4. Sejamos honestos pessoal, as mulheres brancas são inigualáveis:

      http://nazismo-verdades-e-mentiras.blogspot.com.br/2014/08/defenda-nossa-diversidade.html

      Excluir
    5. https://www.google.com.br/search?q=morenas+lindas&es_sm=93&biw=1024&bih=677&tbm=isch&source=lnms&sa=X&ei=uwplVJn3IuSxsAShxoCIAg&ved=0CAYQ_AUoAQ&dpr=1#tbm=isch&q=asi%C3%A1ticas+lindas

      Excluir
    6. Fiz isso, Romeu?! Então me desculpe, com certeza foi sem querer. Não se indigne, por gentileza.

      Agradeço o vídeo e verei-o.

      Abraço e apareça sempre.

      Excluir
    7. Carlos, as morenas (asiáticas) apresentadas por você também são lindas, mas sejamos honestos as caucasianas são imbatíveis.

      Eu particularmente não tenho nada contra as mulheres e homens da raça negra, eu mesmo conheço algumas mulheres negras belíssimas (acho a atriz Taís Araujo belíssima, interessante que ela tem descendência austríaca), mas sejamos honestos: a proporcionalidade de mulheres brancas bonitas é muito maior do que de mulheres negras.

      Isso é um fato.

      Excluir
    8. http://desatracado.blogspot.com.br/2014/10/faces-da-etiopia.html

      Existe um complô contra os brancos:
      http://www.toedter.com.br/2014/11/mudando-o-que-deus-criou.html

      http://balder.org/judea/Richard-Coudenhove-Kalergi-Practica-Del-Idealismo-Viena-1925-Espanol.php

      Abraço, caro anônimo. Sinta-se sempre bem vindo.

      Excluir
    9. Interessante é que a forçação pela miscigenação, principalmente das mulheres brancas com homens da raça negra, é incentivada e apoiada pela mídia sionista que segundo o senhor Celso Matzenbacher diz ser falsos judeus.

      Excluir
    10. http://desatracado.blogspot.com.br/2013/10/cardeal-diz-que-as-mulheres-alemas.html

      Excluir
  6. A marca Heineken também tem seus "segredos"

    Vire de cabeça para baixo a garrafa...

    A estrela vermelha vira Pentagrama

    A letra (e) 666

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante ... rs Não é que todas tem algo mais em comum?

      http://4.bp.blogspot.com/-j_ae4TgWzeE/Uhobz5f54zI/AAAAAAAANj4/YvqJPCTvGhk/s1600/heineken-666-vert.jpg

      http://desertpeace.files.wordpress.com/2010/08/heineken20music20conference.gif?w=477&h=256

      Walt Disney também entre tantos outros.

      Abraço

      Excluir
  7. Aos meu bloqueados conhecidos. Pelos seus comentáris vocês devem ler as escrituras do jeito que escutaram e viram o vídeo. Os negros que viram pertencem ao verdadeiro povo Hebreu, do Criador, escravos nas américas. Eles falam de coisas que trazem no coração sobre o seu desterro para a Babilônia. Tem passagens bíblicas para os bloqueados como vocês: ...Olham e não vêem, escutam mas e ouvem... Acham que os judeus brancos Jafetistas que controlam o mundo são os verdadeiros da Bíblia. Toin! Toin!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Os negros que viram pertencem ao verdadeiro povo Hebreu, do Criador, escravos nas américas."

      ...e que foram escravizados antes por outros negros na própria Africa, onde existiam, e existe até hoje, escravidão entre os próprios negros.

      Excluir
  8. Brancos escravizam brancos, judeus escravizam judeus, por que negros seriam diferentes? Gente ruim tem aos montes em todas as raças e religiões. É com estes imbecis que o patriarcado mundial conta para realizar suas putarias (desculpe, mas não há palavra que descreva melhor).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Só que estranhamente os negros parecem ter esquecido que na "Mama Africa" os antepassados deles vendiam pessoas da raça deles para os "caucasianos malvados". E ainda para piorar o comportamento dos negros, eles querem indenizações dos caucasianos pela escravidão que os próprios negros na "Mama Africa" faziam e ainda fazem.

      É mole!

      Excluir
  9. Amiguinho você está vagando nas respostas falando de achismos que não tem a haver com o que comentei. Entenda primeiro o que é canita e semita e onde eles habitaram. Os Canitas são bem negros. Dentro dos semita, que também são negros, houve um povo da descendência de Abrahão. Povo Hebreu de Abrahão, Isaac e Jacó. Eles foram desterrados e as duas últimas tribos, que viveram no tempo do Salvador Yahúshua, foram parar na vastidão das terras do Egito, dos Canitas, que muito mais tarde se chamou de África. O povo Hebreu (12 tribos), que é Negro, sofreu as maldições descritas em Lv 26.14-45, e Dt 28.15-68. Eles estão espalhados pelo mundo e até hoje não voltaram para sua terra natal Yaushurun ("Israel"). Que está lá atualmente nessa terra são os tais "judeus" impostores que vocês combatem citando inclusive passagens bíblicas sobre esses farsantes. É de rir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me interessa o que você diz sobre esse assunto, mesmo porque eu sou ateu. Se os "escolhidos" eram brancos ou negros não me interessa.

      Quem está "vagando" nas respostas falando de achismo bíblico é você. Eu mostro aqui que muitos sabem mais não falam: Os negros que vieram para o Continente Americano como escravos, antes foram escravos nas próprias tribos africanas no Continente da "Mama Africa".

      Interessante que esses "judeus farsantes" dos quais você se refere, os tais sionistas, e que dominam os meios de comunicação, são os que mais exaltam a raça negra, segundo você o o "povo escolhido", tentando induzir o Ocidente de uma "superioridade" da raça negra em relação as demais.

      Se os sionistas estão a exaltar a raça negra, você deveria elogiar os sionistas, pois eles estão a exaltar a raça, segundo você, do "povo eleito".

      Excluir
  10. Bobão. Você vaga tanto que é anônimo e desinteressante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O senhor Celso Matzenbacher não me desmente em relação aos "escolhidos" negros que eram escravos no próprio Continente da "Mama Africa" antes de chegar ao Continente Americano e agora dá a desculpa por eu comentar como anônimo.

      Desinteressante são essas historinhas de povo negro escolhido como os verdadeiros judeus.

      Aqui mesmo o Carlos Cobalto mostrou como o Rei David era um tremendo de um carrasco:

      http://desatracado.blogspot.com.br/2014/09/rei-davi-o-assassino-protegido-de-deus.html

      O tal Rei David, se é que ele realmente existiu, era, assim como todos os patriarcas do Antigo testamente, se é que eles existiram também, eram cruéis até não poder mais.

      A crueldade desses patriarcas do Antigo Testamento não devem em nada aos papas da Igreja Católica.

      ...e já que você faz questão disso, e se o tal Rei Davi era negro, como era malvado o tal negão.

      Excluir
  11. Respostas
    1. Genética esclarece discussão sobre origem de judeus na Europa

      Os judeus da Europa têm origem em uma mistura de ascendências, incluindo diversas tribos que se converteram ao judaísmo, revelou um estudo genético publicado esta quinta-feira.

      Este estudo deverá regular um debate que já dura mais de dois séculos.

      Os judeus asquenazes, de origem europeia, representam cerca de 90% dos mais de 13 milhões de judeus existentes no mundo atualmente.

      Segundo a hipótese conhecida como "renana", os asquenazes descendem dos judeus que fugiram da Palestina após a conquista muçulmana, no ano 638 d.C.

      Ainda de acordo com esta teoria, eles se radicaram no sul da Europa e depois, ao final da Idade Média, cerca de 50 mil deles se deslocaram da Renânia, na Alemanha, para a Europa do Leste.

      Alguns, entretanto, consideram esta hipótese inverossímil, porque o cenário seria impossível em termos demográficos, pressupondo um salto da população dos judeus da Europa oriental de 50.000 indivíduos no século XV a cerca de 8 milhões no começo do século XX.

      A taxa de natalidade seria, assim, dez vezes superior àquela da população local não judia. Isto apesar das dificuldades econômicas, as doenças, as guerras e os 'pogroms', que arruinaram as comunidades judaicas.

      Para tentar ver isto de forma mais clara, um estudo publicado na revista britânica Genome Biology and Evolution comparou os genomas (que formam o patrimônio genético) de 1.287 indivíduos sem vínculo familiar descendentes de oito grupos de populações judias e 74 de não judias.

      O geneticista Eran Elhaik (da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins, em Baltimore, Estados Unidos) analisou estes dados, em busca de mutações no código de DNA ligadas à origem geográfica de um grupo.

      Estes indicadores já tinham sido utilizados no passado para lançar luz às origens dos bascos ou dos pigmeus do sul da África.

      Entre os judeus da Europa, o geneticista encontrou assinaturas ancestrais que apontam claramente para o Cáucaso e também, mais em menor medida, para o Oriente Médio.

      Segundo Eran Elhaik, estes resultados sustentam a teoria rival da hipótese renana, conhecida com o nome de "hipótese Cazare".

      De acordo com esta teoria, os judeus do leste europeu descendem dos cazares, uma mistura de clãs turcos que se instalaram no Cáucaso nos primeiros séculos de nossa era e, influenciados pelos judeus da Palestina, se converteram ao judaísmo no século VIII.

      Os judeus cazares construíram um império florescente, atraindo os judeus da Mesopotâmia e do Império bizantino.

      Eles prosperaram a tal ponto que emigraram para Hungria e Romênia, plantando as sementes de uma vasta diáspora.

      Mas o império cazare ruiu no século XIII, atacado pelos mongóis e debilitado pelas epidemias da peste negra.

      Os judeus cazares então fugiram para o oeste, instalando-se no reino polonês e na Hungria, onde suas competências em finanças, economia e política eram apreciadas. Segundo a hipótese cazare, eles finalmente se espalharam pela Europa central e ocidental.

      "Nós concluímos que o genoma dos judeus da Europa é um mosaico de populações antigas, incluindo os cazares judaizados, os judeus greco-romanos, os judeus da Mesopotâmia e da Palestina", explicou Eran Elhaik.

      "A estrutura de sua população se formou no Cáucaso e às margens do Volga, com raízes que se estendem à região de Canaã e às margens do Jordão", acrescentou.

      Segundo Elhaik, a história escrita nos genes se sustenta em descobertas arqueológicas, pela literatura judaica que descreve a conversação dos cazares no judaísmo, assim como pela língua.

      http://noticias.terra.com.br/mundo/europa/genetica-esclarece-discussao-sobre-origem-de-judeus-na-europa,bf6c98ce1e34c310VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html

      Excluir
  12. Quando é dito Asquenaz automaticamente você está admitindo que é descendente de Jafé conforme Gn 10:3. Então não são semitas como alegam ser. Descartem

    ResponderExcluir
  13. Respostas
    1. Celso Matzenbacher = fantasioso biblico.

      Excluir
  14. Já mencionei aqui neste canal os judeus são mongóis, conforme o General Cherep menciona no seu livro "A mão Oculta"...

    Confesso que é muito difícil dizer qual é a origem certa dos judeus...

    Mas ...

    Kadmi-Cohen é um francês de origem judia muito respeitado no judaismo, este diz no seu livro Apologie Pour Israel...

    " Obscures sont nos origens. nous venons de « l'autre côté du fleuve». Etape ou pont de départ? "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem bem mais coisas obscuras tanto no passado, como o futuro que se avizinha perigosamente.

      Excluir

"Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário."
George Orwell

"Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador."
Eduardo Galeano

Desejando, expresse o seu pensamento do assunto exposto no artigo.
Agressões, baixarias, trolls, haters e spam não serão publicados.

Seus comentários poderão levar algum tempo para aparecer e não serão necessariamente respondidos pelo blog.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

Agradecido pela compreensão e visita.