quarta-feira, 25 de junho de 2014

A origem judaica da maçonaria

    Resultado de imagem para "Dissipando as Trevas. História da Origem da Maçonaria"

Alberto J. Triana, no seu livro Maçonaria... História dos Irmãos: “No que diz respeito à antiga Maçonaria, reina uma grande obscuridade, que deu lugar à formulação de inúmeras hipóteses, muitas delas improváveis, absurdas e ridículas. Por exemplo: que a Ordem foi iniciada pelo Pai Eterno, no Paraíso Terrestre; que a data de fundação remonta ao nosso primeiro pai, Adão; ou a Lameque, que matou Caim, que matou Abel; ou a Zoroastro, líder supremo dos magos e fundador do Masdeísmo (religião persa codificada nos livros sagrados do Zend-Avesta); ou a Confúcio, fundador da religião dos chineses; ou a Pitágoras, filósofo e matemático grego, fundador do Pitagorismo... Existem inúmeras semelhanças entre o Judaísmo e a Maçonaria. Por outro lado, a obscuridade das origens da Maçonaria é uma tática que os Maçons empregam para dificultar a investigação dos seus objetivos fundamentais. Entretanto, apesar de que, historicamente, a origem não tem sido capaz de ser demonstrada, é fato que os judeus, bem como os protestantes, acomodaram-se facilmente aos desígnios da Maçonaria, porque tanto o Judaísmo moderno quanto o Protestantismo sofrem a mesma crise em suas crenças religiosas, „e porque tudo que é claramente contra o Cristianismo protege, de forma semelhante, o Judaísmo‟”. 

Mariano Tirado-Rojas, Maçom convertido, afirma – de acordo com Triana – que a Ordem foi fundada depois da “Diáspora” ou dispersão dos judeus; quando Jerusalém foi destruída pelos romanos no ano 70; que tudo sempre permanece encoberto; que a Maçonaria usou as associações de construtores artesãos medievais para os seus propósitos; e que ela teve sucesso em conquistar membros entre os cavaleiros cruzados na Terra Santa.

Joseph Lehman, sacerdote católico, escreveu o seguinte: “A origem da Francomaçonaria deve ser atribuída ao Judaísmo, certamente não ao Judaísmo na sua totalidade, mas ao Judaísmo pervertido”. 

Nicolas Serra-Caussa postula: “O inventor, fundador ou introdutor do sistema maçônico, se não era um judeu de circuncisão, era muito mais um judeu de coração, o melhor dos circuncisos, pois a Maçonaria exala Judaísmo pelos seus quatro cantos”. 

O rabino Isaac Wise escreveu, em 1855: “A Maçonaria é uma instituição judaica, cuja história, graus, tarefas, sinais e explicações possuem natureza judaica, do princípio ao fim”. 

O historiador judeu Bernard Lazare registrou: “É evidente que havia apenas judeus e judeus cabalísticos na origem da Maçonaria”. 

E, finalmente, Hertzel, que fundou o Sionismo em 1897, na Suíça, afirmou: “As lojas maçônicas estabelecidas em todo o mundo nos ajudam a alcançar nossa intendência. Aqueles porcos, os Maçons não judeus, nunca vão entender o objetivo final da Maçonaria”. 

Fonte : "Dissipando as Trevas. História da Origem da Maçonaria", de Samuel Lawrence, pág. 67 e 68.

“É certo que havia judeus junto ao berço da Maçonaria – judeus cabalistas, como alguns ritos que foram preservados o comprovam. Nos anos que precederam a Revolução Francesa, eles muito provavelmente entraram em grande número nos conselhos da sociedade e fundaram suas próprias sociedades secretas. Havia judeus ao redor de Weishaupt, e Martinez de Pasqualis, um judeu de origem portuguesa, organizou vários grupos de Illuminati na França, recrutando muitos adeptos, a quem ensinava a doutrina da reintegração. As lojas fundadas por Martinez eram místicas, enquanto as outras ordens da Maçonaria eram mais racionalistas. Isso permite dizer que as sociedades secretas representavam os dois lados da mente judaica: racionalização prática e panteísmo.”
(Bernard Lazare, L'Antisemitisme)

Abraços

3 comentários:

  1. O Sacerdote Joseph Lehman se não me engano era judeu convertido ao catolicismo.

    http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=fr&u=http://fr.wikipedia.org/wiki/Joseph_Lehmann_(pr%25C3%25AAtre)&prev=/search%3Fq%3DJoseph%2BLehmann%26biw%3D1280%26bih%3D899

    Saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cito a frase do Rabino Mendel Schneerson (conhecido também como Rebbe):

      "O corpo de um Judeu, é totalmente diferente em qualidade dos corpos de membros de todas as outras nações do mundo. Os corpos dos Gentios são em vão. Uma diferença maior ainda é com respeito a alma. A alma de um não-Judeu (TODOS OS BRASILEIROS QUE NÃO SÃO JUDEUS) vem de três esferas satânicas, enquanto a alma de um Judeu vem de partes sagradas."

      Ele justifica seu argumento com base no Judaísmo, mais precisamente usando a Cabala. O argumento usa como base as esferas, ou sephiroth, da árvore da vida.

      O mais curioso é que esse Rabino é visto pelos judeus como um santo.

      O movimento que ele fundou (Chabad Lubavitch) prega isso abertamente e possui sinagogas espalhadas por todo o Brasil e no mundo e é altamente popular!

      Agora fico pensando como o governo Brasileiro, o MPF, Direito Humanos, OAB etc permitem isso, um grupo de judeus ficarem pregando essas hostilidades em território brasileiro e jurando fidelidade a outro país (Israel).

      Nessa hora não existe crime de racismo? Não existe crime de ódio? Não existe apologia a isso ou aquilo? Não existe crime de preconceito/discirminação?

      Excluir
    2. Joseph Lehmann ou Lemann ( 1836 - 1915 ), padre católico romano francês, é o irmão gêmeo monozigóticos 's Augustin Lehmann , também um padre. De origem judaica Ashkenazi , nascem Lyon . Cedo órfão, eles convertem para o catolicismo em 1854. Eles escreveram cerca de 150 obras, incluindo relativas à relação entre o catolicismo e judaísmo eo destino espiritual do povo judeu . Cfe Wikipédia.

      Acho que este fato, confere mais autenticidade ao seu comentários sobre a origem da maçonaria.

      Abraços

      Excluir

"Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário."
George Orwell

"Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador."
Eduardo Galeano

Desejando, expresse o seu pensamento do assunto exposto no artigo.
Agressões, baixarias, trolls, haters e spam não serão publicados.

Seus comentários poderão levar algum tempo para aparecer e não serão necessariamente respondidos pelo blog.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

Agradecido pela compreensão e visita.